Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Engenharia da Computação: Modelagem de Dados



A disciplina de modelagem de dados é abordada nos cursos superiores das áreas de informática, tais como: engenharia de computação, sistemas de informação, análise e desenvolvimento de sistemas, ciência da computação, entre outros. É uma disciplina obrigatória.

O que é a disciplina de Modelagem de Dados?

A disciplina de Modelagem de Dados aborda a concepção de projeto de banco de dados. Esta matéria não tem a finalidade de ensinar a utilizar um software de banco de dados específico. O objetivo é explicar como elaborar o modelo conceitual, lógico e físico de um banco de dados.

O que se estuda nesta matéria?

Esta matéria tem como premissa estabelecer os conceitos de “dado” e “informação”, sendo que o primeiro representa uma informação em seu estado bruto, sem significado. A informação por sua vez é definida como o dado processado, ou seja, que passou a ter um significado concreto.

A partir destes conceitos, a Modelagem de Dados busca definir o que é um banco de dados, sua importância e como elaborar os modelos conceitual, lógico e físico. O modelo conceitual é obtido a partir do contexto real que se pretende analisar. Exemplo: uma loja que vende roupas e possui vários vendedores, clientes e fornecedores.

A regra de negócio básica seria: a loja compra roupas dos fornecedores e através do trabalho dos vendedores, vende aos clientes. Este fato representa uma porção do mundo real a ser contemplada no modelo conceitual. O modelo conceitual busca expressar as regras de negócio do contexto a ser analisado. Ele aborda a fatia do mundo real em termos de entidades e dados e como eles se relacionam entre si.

No caso do exemplo, podemos definir as entidades: vendedor, fornecedor, clientes e roupas. Na etapa do modelo lógico, é feito um refinamento do modelo conceitual e cada entidade passa a ser representada como uma tabela. O modelo lógico aborda os relacionamentos de modo que possam já servir de base para a elaboração do modelo físico.

Tendo já definidas as tabelas e sabendo como elas se relacionam logicamente, a última etapa é o modelo físico do banco de dados. Nesta etapa, a disciplina aborda como representar o banco de dados fisicamente através de uma linguagem computacional padronizada conhecida como SQL.

Como são as aulas?

As aulas desta disciplina abrangem explicações por parte do professor, bem como treino com estudos de casos. Os estudos de casos são exemplos de situações onde os alunos precisam identificar as regras de negócios, as entidades, os relacionamentos entre elas e elaborar os modelos conceitual, lógico e físico. Um exemplo bastante simples de estudo de caso é o que foi mencionado no tópico anterior sobre a loja de roupas. Na época da faculdade, eu me deparei com estudos de casos bastante elaborados.

Quais as dificuldades que encontrei no estudo da disciplina?

A dificuldade que encontrei no estudo desta disciplina foi justamente o que eu chamo de pensar em termos de negócios. Quando iniciei a faculdade de informática, pensei que iria me deparar somente com conteúdos técnicos.

Porém, esta disciplina aborda a aplicação da informática sob uma abordagem de negócios, ou seja, para se modelar um banco de dados é preciso primeiro conhecer em detalhes como funcionam as regras de negócios da organização e não simplesmente saber utilizar um software. Tive dificuldades porque foi preciso eu aprender a pensar desta forma.

O que os professores da faculdade mais cobram?

A cobrança por parte dos professores consiste no aluno aprender a entender os estudos de casos, ou seja, observar uma situação do mundo real empresarial, abstrair esta situação e reescrevê-la em termos de dados e entidades. Para isso, é preciso aprender a identificar as entidades e os corretos relacionamentos entre elas. A cobrança é feita por meio de provas e trabalhos que precisei entregar.

Qual a contribuição desta disciplina para meu curso superior?

Eu aprendi que o núcleo de qualquer sistema empresarial é o banco de dados e é de suma importância que ele represente corretamente a realidade do negócio. No decorrer do curso superior, eu precisei desenvolver um projeto de um sistema de informação, e a matéria de modelagem de dados me forneceu a base necessária para isto.

Abraão George Halcsik, graduado pela Faculdade de Tecnologia de São Paulo



Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos