Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Curso superior de História: Didática



Didática é uma disciplina obrigatória dos cursos de licenciatura em História e está presente nos primeiros semestres de estudo. Ela é uma espécie de síntese das matérias pedagógicas que estão inseridas no currículo e, por isso, é interessante dedicar-se às leituras e práticas propostas pelos professores.

O que é a disciplina?

Na faculdade, frequentemente classificamos os professores entre os que são ou não didáticos para aprender tal matéria. Assim, a definição de Didática no senso comum é a habilidade de transmitir um conhecimento.

Ao cursar a disciplina, você aprende que a Didática estuda o processo de ensinar, mas que este é um procedimento complexo e marcado pela intervenção de diversos fatores: a relação entre professor e aluno; a indisciplina; os recursos didáticos (materiais utilizados); avaliações propostas; os profissionais que compõem o quadro escolar; o Plano Pedagógico; o bairro onde está inserida a escola, etc. Além disso, defende-se que o bom professor não transmite, mas constroi o conhecimento junto aos seus estudantes.

Plano Pedagógico

O ensino é um processo inserido em uma cultura escolar, ou seja, com todos os fatores citados anteriormente e que se dão diferentemente em cada escola. O professor, ao chegar à instituição educacional, precisa conhecer e organizar o seu trabalho segundo o seu funcionamento.

O primeiro passo é a leitura do Plano Pedagógico (também conhecido como PP), que também será um dos termos mais discutidos no curso de Didática. Ele consiste em um documento obrigatório que toda instituição escolar deve produzir anualmente e que traz o seu histórico, o seu quadro de funcionários e alunos naquele momento e quais são as metas que ela se propõe a alcançar neste período. A partir dele, o professor fará também o planejamento individual da sua disciplina, levando em consideração o calendário escolar, o conteúdo curricular, as avaliações estabelecidas pela instituição, a existência de projetos interdisciplinares, etc.

Os professores estimulam que os estudantes também leiam o PP no início do estágio, pois não há como discutir a Didática sem conhecer e entender “as regras do jogo” que permeiam o ensino.

Quais as dificuldades

O que se descobre ao longo da disciplina (e acredito que do curso de licenciatura como um todo), é que não há uma fórmula única e de sucesso para ensinar. Cada contexto escolar é diferente e a faculdade apresenta bases teóricas e propõe práticas para que você pense e aja sobre este ambiente.

Por um lado, isto é uma frustração para vários alunos, pois as aulas consistem em discutir as práticas docentes nos espaços escolares, seja as dos autores como as nossas com os estágios obrigatórios. No meu caso, a turma foi dividida em grupos e cada um deveria eleger um aspecto do processo de ensino para observar em sala de aula, analisar e apresentar. No meu grupo, escolhemos os recursos didáticos, principalmente o estudo dos livros, e percebemos que cada escola/professor adotava uma postura diferente frente a eles: alguns utilizavam os livros, outros se recusavam por achá-los fracos; dentre aqueles que os utilizavam, alguns apenas liam os textos e criavam perguntas, outros propunham a simples cópia do livro, o que gerava certa monotonia na sala. De certa forma, a experiência é a palavra-chave do curso e o seu compartilhamento mostra que existem vários caminhos possíveis e que a trajetória docente é permeada por escolhas, dependendo de onde este profissional está atuando.

Conclusão

Assim, o curso de Didática demonstra que o ensino é um processo de interação entre docente, aluno, ambiente e comunidade escolar, recursos materiais, etc. O professor é figura importante na medida em que deve estar atento a todos estes aspectos para planejar e executar sua prática docente.

Ana Paula Santana Bertho, graduanda em História pela Universidade de São Paulo



Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos