Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Faculdade de Letras: Morfossintaxe da Língua Portuguesa



O curso de Morfossintaxe do Português na faculdade UERJ, campus de São Gonçalo, é aplicado no quarto período na disciplina de Língua Portuguesa IV. Essa aula é muito interessante, pois além de estudar a palavra de acordo com o seu aspecto morfológico e sintático, nós entramos na discussão sobre a “caixinha” que as palavras foram colocadas durante o nosso ensino na Educação Básica.

O Currículo

Nessa matéria além de aprender as classes morfológicas, como: artigo; substantivo; adjetivo e verbo, também analisamos a função sintática exercida na sentença, que pode ser, por exemplo: sujeito simples, predicado verbal, predicativo do sujeito etc.

Mas sem dúvida o mais intrigante é quando percebemos que uma determinada palavra ou partícula frasal pode exercer funções distintas da classificação tradicional na sentença. Inclusive um dos textos lidos e trabalhados foi “Adjetivo ou Substantivo”, da pesquisadora Margarida Basílio, que questiona exatamente a classificação de algumas palavras difíceis.

• Objetivos

a) Levar o aluno a refletir sobre as diferentes classificações para os vocábulos da língua portuguesa;

b)Propiciar ao aluno uma reflexão sobre as classes de vocábulos propostas pela gramática tradicional à luz de outras abordagens.

• Ementa

Estudo sobre as classes de vocábulos da língua portuguesa. Os critérios mórfico, sintático e semântico, subjacentes à classificação dos vocábulos. As especificidades de cada classe proposta pela gramática tradicional em confronto com abordagens alternativas.

Minha Experiência

Apesar de a aula ter um tema questionador e isso trabalhar o nosso senso crítico, não tive uma boa experiência no sentido da forma que o material foi passado. A docente gostava de apresentar com slides e não os disponibilizava para que nós pudéssemos passar a matéria para o caderno e, posteriormente, estudá-la.

Além disso, eram cobrados muitos trabalhos e até um que usava transparências, coisa que, segundo a professora, seria útil para nossas aulas quando estivéssemos em campo. Fato que jamais aconteceu.

Porém, apesar de eu ter tido esse experiência ruim, alguns colegas consideram essa mesma professora uma das melhores da faculdade, exatamente pela sua didática. Então, talvez você fique no grupo que considere essas aulas excelentes.

Conclusão

Essa é uma matéria difícil, porque pede para que saiamos do conhecimento comum e analisemos cada palavra de acordo com sua função e muitas pegadinhas podem aparecer. O curso de Morfossintaxe é extremamente importante para a bagagem do professor licenciado em língua portuguesa. O fato de termos uma visão crítica dá muito mais crédito e peso ao que estaremos ensinando no Ensino Fundamental e Médio, com seus respectivos níveis. Recomendo atenção durante as aulas e o máximo de empenho em cada trabalho feito, porque são essas pequenas pontuações que vão pesar na nota final da matéria.

Beatriz Ramirez, graduada no curso de Letras Português/Inglês pela UERJ-FFP.



Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos