Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Faculdade de Ciências Econômicas: Metodologia do Trabalho Acadêmico



A metodologia científica é obrigatória e a matéria inicial de quase todas as graduações, se não for a primeira, está dentre as disciplinas do 1º semestre. No meu caso, acadêmica de Ciências Econômicas da Uniasselvi (Centro Universitário Leonardo da Vinci), foi a primeira, e teve carga horaria em média de 80 horas.

O que é a metodologia científica?

Metodologia científica traz consigo além do ensino de como ser um produtor acadêmico, a história do homem e dos métodos de pesquisa ao longo do tempo, as questões dos tipos conhecimento, como organizar uma pesquisa, o pensamento científico, os elementos que constroem um trabalho acadêmico, etc. O que quero dizer com isso? Bem, a princípio, essa é uma matéria onde se aprende a fazer trabalhos acadêmicos, e a ler e interpretar os milhares de textos técnicos que se vê ao longo da vida universitária.

O que se estuda nesta matéria?

Nessa disciplina, foi-me apresentado a parte mais “filosófica” como introdução a matéria. Por exemplo temas como: o ato de pesquisar como condição do homem e a busca da realização do homem no mundo. Logo depois veio a diferenciação dos tipos de conhecimento onde vi de forma bem clara e simples a diferença entre senso filosófico/senso teológico, em seguida já começa a parte que vai ser mais usada durante o curso, o pensamento cientifico.

Esse aí já traz questionamentos sobre a origem da verdade – ainda meio filosófico, mais estamos em humanas, então…-, os métodos mais importantes usados num trabalho cientifico como: método de estudo de caso, método comparativo, método histórico e método estatístico ou matemático – esse último é muito usado em cursos de exatas -.

Com o passar das aulas e também dos tópicos se chega na parte crucial: A estrutura básica de um trabalho. Onde se aprende passo a passo o que compõe um trabalho acadêmico. Ou seja, se aprende sobre capa, elementos pré-textuais, folha de rosto, elementos opcionais (dedicatórias, agradecimentos), resumo, sumário, elementos textuais, introdução, desenvolvimento, conclusão ou considerações finais, elementos pós-textuais, referências, apêndices e anexos.

Como são as aulas?

Nas aulas, é recomendado aproveitar ao máximo para tirar dúvidas e prestar bastante atenção ao que o professor diz. Essa disciplina pode ser considerada fácil, porém é detalhista e precisa de uma atenção especial.

Quais as dificuldades que encontrei no estudo da disciplina?

Dificuldades sempre podem acontecer, em qualquer matéria, comigo foi nas citações e referências, eu me enrolava muito nas pontuações e onde se colocar fonte negrito ou não. Mais com uma dedicação e persistência a mais na matéria, e claro, ajuda do professor, eu consegui tirar minhas dúvidas. Mas recomendo que pratique no que tiver dúvida – depois de falar com o professor -. Pratique muito, mais muito mesmo! E creia que o que separa bons alunos de alunos medíocres é a persistência.

O que se cobra nesta matéria?

Quanto mais se avança num conteúdo mais se tende a ser cobrado pelo professor. Neste caso, os tipos de citações, se estavam corretamente escritas e onde elas deviam estar bateu record de cobrança. Pra que não sabe, citação é uma regra de escrita, e serve para que a frase ou texto de determinada pessoa não seja roubada.

É um meio que dá ao devido autor os seus direitos autorais, portanto quem não usa devida regra de citação, quem não coloca o nome do autor do texto que se acha e copia da internet (ou de outro meio) está cometendo o crime de plágio. Além do mais é bem visto aquele texto escrito com várias citações. Uma das coisas que requer muita paciência é montar um bom diálogo entre autores e quem consegue é sempre elogiado.

Qual a contribuição desta disciplina para meu curso superior?

Como disse anteriormente, essa é uma disciplina obrigatória. Tanto no meu curso quanto no seu (creio eu). Não é chata de estudar, e, dependendo do livro, é de leitura fácil e dinâmica que flui rapidamente. Isso não quer dizer, de maneira nenhuma, que se deve deixar de ler com atenção. Pois se trata de uma matéria com muitos detalhes importantes para a vida acadêmica. Lembre-se que somente ler, não é estudar. Estudar é absorver, processar e devolver. Bons estudos!

Layse Muryere G. Marques, faculdade Uniasselvi, curso de Ciências Econômicas.



 

Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos