Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Curso superior de Enfermagem: Estágio Curricular



Matéria obrigatória do curso de graduação em Enfermagem, também conhecida como estágio supervisionado integralizador, com carga horária mínima de 400 horas semestrais.

O que é o estágio curricular?

Trata-se de uma disciplina voltada exclusivamente à prática clínica, onde o aluno é exposto aos campos de atuação do enfermeiro, desde a atenção básica até as unidades de terapia intensiva, para exercer o cuidado de enfermagem com maior autonomia, sendo supervisionado por seu professor ou demais membros da equipe de enfermagem do local.

O que se estuda nessa matéria?

Não há ministração de conteúdos novos, e, dentro do campo de estágio, o professor assume uma função maior como avaliador e menor como ministro de ensino. Diversos conteúdos são revisados, pois, diante dos casos variados aos quais somos apresentados, temos de relembrar todo o conteúdo teórico-prático que aprendemos durante os anos da graduação, sendo, por isso, essa matéria preferencialmente colocada ao final do curso por muitas instituições. Técnicas como preparo de leito, higienização de acamados, punção, administração de medicamentos e outros são realizadas.

Como são as aulas?

Contato é a grande palavra-chave, pois, diferentemente de outras matérias, onde no máximo somos direcionados à realização de técnicas em laboratórios, lidamos com pessoas reais, com problemas e riscos reais. Isso, além de trazer uma maior autonomia, traz mais responsabilidade também, pois estamos de fato cuidando de vidas. Durante os estágios há muita prática, e alguns pontos são muito observados:

  • Apresentação pessoal
  • Postura
  • Comprometimento
  • Conhecimento.

Nas primeiras semanas, muitos dos alunos que estudaram comigo foram mal pontuados por uma não adequação às normas de uniforme e identificação. Os alunos devem estar uniformizados com blusa, calça e sapato de acordo com o informado pela instituição ou pelo professor, devidamente limpos, usando jaleco sem amassados, com cabelos penteados, sem adornos como jóias, relógios de pulso, piercings e outros, unhas limpas e curtas, sem perfumes fortes e, se houver uso de maquiagem, essa deve ser em tons leves. Também é necessária a padronização da identificação do aluno no jaleco conforme as normas da sua respectiva instituição de ensino e, em alguns locais, é requerido também o porte de crachá com foto.

Além dessa apresentação rigorosamente correta, o aluno deve apresentar postura profissional. Apesar de ainda não ser um enfermeiro registrado, o acadêmico deve se portar como tal, seja na tomada de decisões, condução do trabalho em equipe ou na realização das tarefas do setor. Fui pontuada algumas vezes por hesitar em alguns momentos, pois espera-se que o aluno esteja também seguro de suas atitudes em campo.

Nesse quesito, conhecimento também é fundamental, pois alguns professores não aceitam tirar dúvidas dentro dos locais de estágio. Deseja-se que o aluno tenha certeza de quantidades, valores, técnicas e teorias, pois isso avalia por si só o que foi realmente absorvido durante a graduação e também revela um pouco do tipo de profissional que ele será futuramente.

Há uma exigência muito grande dos futuros enfermeiros dentro do campo prático, porém, é muito gratificante terminar o semestre sabendo que não fui aprovada apenas como discente, mas como profissional também. E, já nessa época mesmo, há muita gratidão da parte dos pacientes que você cuida, e isso nos agrega um senso de realização imensurável.

Quais dificuldades que encontrei no estágio curricular?

Minha maior dificuldade dentro da disciplina foi o desafio de cuidar de pessoas, pois eu nunca havia atuado na enfermagem antes, e até então só havia vivenciado práticas laboratoriais. Demorei um pouco até ter de fato maior autonomia para lidar com as vidas que cuidava, fiquei insegura em alguns momentos a respeito das técnicas que sabia e levei algum tempo para me desvencilhar da dependência dos meus professores me supervisionarem, porém, um dia após o outro, consegui superar todas essas dificuldades e ir bem.

O que os professores mais cobram?

Sem dúvida, de todos os quesitos que apresentei, o mais observado e cobrado do aluno é sua postura, pois, como logo após os estágios há a colação de grau, espera-se que o aluno dali em diante torne-se um profissional de fato, tendo capacidade para assumir um setor, chefiar uma equipe e cuidar de vidas.

Os professores foram muito rigorosos durante todo o estágio com a minha turma, em especial com detalhes técnicos e de apresentação pessoal e comportamento. Precisei estar atenta sobre isso durante todo o semestre, pois com o tempo acabamos esquecendo alguns pontos e podemos acabar sendo mal avaliados por conta deles.

Qual a contribuição dessa disciplina para o curso de Enfermagem?

Eu diria que é essencial, pois sem contato físico não se faz enfermagem. É dentro do campo de estágio que lidamos com as mais diferentes realidades, nos expomos aos mais variados desafios e testamos nossos limites, indo além do que podíamos imaginar enquanto profissionais. Adicional ao aprendizado profissional, agregamos muitos valores com os vínculos que fazemos, tanto dentro da equipe quanto com os pacientes, dividindo problemáticas, histórias de vidas e alegrias também. Há pessoas que fiz contato pela primeira vez dentro do campo de estágio que se tornaram amigas de profissão posteriormente, e pacientes dos quais cuidei que guardo suas histórias em minha memória até hoje. E isso me acrescentou muito, não apenas como enfermeira, mas como pessoa também. Tudo isso nos direciona a uma prática mais humanizada do cuidar, nos torna mais atenciosos e mais compreensivos, qualidades essenciais à todo aquele que se dedica a área da saúde.

Carla Souza da Silva Fernandes, acadêmica de Enfermagem na Universidade do Grande Rio -Unigranrio



 

Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos