Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Curso superior de Letras: Análise de Discurso Crítica



A disciplina de análise de Discurso é aprendida na turma de Línguística IV, na UERJ-FFP. Nessa matéria estudamos sobre a diferença do discurso Oral e do Discurso Escrito, vemos o que são Atos de Fala, Teoria da Enunciação, entre outros tópicos.

Linguística foi uma disciplina muito importante para mim na graduação e a minha favorita, com certeza. Fui monitora por duas vezes,em Linguística IV, que justamente é o que fala este artigo, e em Linguística I, que é a introdução do estudo da linguagem.

1) O Currículo

Nesse curso nós trabalhamos com o livro de Ingedore Koch, “A inter-ação pela linguagem”. Também trabalhamos com o texto sobre Atos de fala de Rodolfo Ilari. Porém, o material base foi o da professora Koch.

Os temas que estudamos nessa disciplina são: Teorias de Enunciação, dos Atos de Fala e da Atividade verbal; Operadores e marcadores discursivos; Indicadores modais e, por fim, a matéria principal, Análise da conversação.

• Objetivos

a) Identificar as diferentes concepções de discurso de acordo com as escolas linguísticas.

b) Fazer as relações entre língua e discurso.

c) Reconhecer a diferença entre a competência gramatical e a pragmático-discursiva.

d) Conhecer as estratégias de polidez e suas relações com a cultura

e) Estabelecer as relações de sentido a partir do processo interacional

f) Identificar a diferença entre frase, sentença, e atos de fala.

g) Desenvolver habilidades no aluno para que ele faça aplicações pedagógicas com base na competência pragmático-discursiva.

h) Elaborar propostas pedagógicas relacionadas à competência pragmático-discursiva, observando a situação comunicativa.

•Ementa

Estudo sobre a relação entre língua e discurso. O lugar do discurso nas diferentes escolas: Sociolinguística, Sociolinguística Interacional, Teoria da enunciação, Pragmática e análise do Discurso. Análise de Discurso de linha francesa e anglo-saxã: tipos de discurso, objetivos, método e origem. As condições de produção, as formações discursivas e os tipos de discurso. Discurso e interação. A preservação das faces na interação. Os atos de fala e as estratégias de interação.

2) Minha Experiência

Apesar de gostar muitos das aulas de Linguística, essa turma em específico não foi uma das melhores que tive. As aulas eram as últimas da noite e tanto a professora quanto nós, alunos, já estávamos cansados e não rendia tanto. Só fui descobrir que minhas aulas não tinham sido as melhores quando me tornei monitora dessa matéria. Com isso pude ter acesso a diversos outros autores, além da professora Koch, e foi aí que começou meu amor pela análise do discurso.

Gostei tanto dessa matéria que fiz minha monografia com esse tema. Fiz uma análise do tipo de discurso construído pelos alunos nas redes sociais, atentando para a polidez e a ameaça à face dos interagentes, e esse trabalho foi muito significante na minha formação.

Acabei vendo esse tema com três professoras de linguística diferentes: a docente que me deu aula, a minha orientadora da monitoria e a orientadora da monografia. Todas as visões foram complementares, mas eu realmente aprendi análise do discurso com a monitoria, na qual eu dava suporte à professora, organizava os textos que seriam lidos e participava de reuniões para estudar e falar mais sobre Linguística.

Também apresentei um trabalho no evento UERJ sem muros,que é obrigatório para todos os bolsistas. Formulei um pôster e falei sobre ele para o professor avaliador e para outras pessoas que se aproximavam e tinham curiosidade para saber mais sobre a análise do discurso, focando no recorte do meu trabalho, que era as redes sociais.

Devido ao fato de já ter começado a pesquisa durante o meu estágio interno, não tive tanta dificuldade quando fui começar a escrever meu trabalho de conclusão de curso. Então, uma dica que eu dou é que se você puder, entre em uma das oportunidades de estágio que a faculdade oferece, seja a bolsa de monitoria, seja iniciação a docência ou iniciação científica. Fazendo isso, você vai ter uma bagagem a mais para seus estudos quando for começar a traçar a sua monografia.

3) Conclusão

Estudar a organização tópica da conversação e a forma correta de transcrevê-la, a polidez e os atos de fala com certeza foi uma atividade muito interessante e enriquecedora. Para mim, que gosto de Linguística, essas aulas foram muito importantes. Claro que pude aprofundar-me nesse tópico por conta da monitoria e da monografia, mas a professora regente dessa matéria atualmente é doutora nesse tema e é muito competente no que faz.

Se você gosta de estudar linguagem, vai ter uma boa experiência nessa disciplina. Todas as aulas de Linguística são essenciais para a formação do professor de português, pois é com elas que aprendemos que não existe uma fala “certa” ou “errada”, e sim uma linguagem adequada para cada situação conversacional.

Beatriz Ramirez, graduada no curso de Letras Português/Inglês pela UERJ-FFP.



 

Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos