Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Medidas e Avaliações. Curso de Educação Física



Outras possíveis nomenclaturas são: Medidas e avaliação física; Medidas e avaliação morfológica e antropométricas.

O que é estudado sobre medidas e avaliações em educação física?

Em medidas e avaliações da disciplina de educação física podemos avaliar as avaliações cardiovasculares. Poucos efeitos do exercício são mais meticulosamente estudados do que aqueles que ocorrem dentro do coração. As pesquisas têm repetidamente comprovado que, com exercícios de resistência como correr, o coração torna-se um instrumento nitidamente mais eficiente, capaz de fazer mais, ao mesmo tempo, em que trabalha menos arduamente.

Uma das mudanças mais fundamentais é o alongamento das fibras musculares do coração, de forma semelhante ao alongamento dos músculos das pernas quando fazemos exercícios de esticamento. As fibras mais longas permitem que as câmaras do coração, especialmente o poderoso ventrículo esquerdo que espreme sangue para a aorta, possam expandir-se e bombear mais sangue a cada contração.

Simultaneamente, as artérias que servem o coração também se expandem, em alguns casos até três vezes o tamanho normal, e aumentam em quantidade. Artérias maiores podem levar mais sangue e assim proporcionar ao coração um suprimento de oxigênio excepcionalmente rico.

Essas mudanças permitem que o coração bombeie mais sangue a cada batida; em muitas casos, até duas vezes mais do que é capaz o coração de uma pessoa que não faz exercício. Alguém que pode bombear meia xícara de sangue a cada batida, é capaz de bombear quase uma xícara inteira depois do exercício.

O aumento se passa porque, durante a diástole, a fase em que o sangue entra nos átrios, o coração se enche mais completamente. Consequentemente, durante a sístole, a fase de bombeamento, há mais sangue disponível para ser expelido. Como tanto os atletas como as pessoas sedentárias precisam essencialmente do mesmo suprimento do sangue em repouso, o coração do atleta bate com menos frequência durante a maior parte do tempo.

Os decréscimos de 10 ou 20 batidas por minuto no índice cardíaco em repouso são comuns. Não é raro um atleta bem treinado ter uma pulsação na casa dos 40 ou mesmo dos 30. Essa redução dos batimentos cardíacos – o termo técnico é bradicardia – frequentemente alarma os médicos que não estão habituados a tratar de atletas.

O que se estuda nesta matéria?

Em medidas e avaliações em educação física vemos um importante teste de Harvard que é uma das maneiras mais simples de avaliar a capacidade cardiovascular. Exige que você suba e desça de um banco durante alguns minutos, depois verifique o quão rapidamente seu coração se recupera do esforço. A versão do teste descrita aqui foi delineada pelo Comitê de Exercício e Aptidão Física da Associação Médica Americana.

1. Arrume um banco forte, com 30 centímetros de altura se tiver 1,52m, 35 centímetros se tiver de 1,52 a 1,60m, 40 centímetros se tiver de 1,60m a 1,73, 45 centímetros se tiver de 1,73m a 1,82m, 50 centímetros se tiver acima de 1,82m. Pule do chão para o banco e de novo para o chão 30 vezes por minuto, durante quatro minutos, pedindo a alguém que marque o tempo com o ponteiro dos segundos de um relógio. ( Se ficar cansado demais para continuar, pode parar antes, mas isso irá reduzir sua contagem. )

2. Assim que terminar, sente-se em repouso e verifique o pulso ou peça a alguém para fazê-lo, por 30 segundos, um minuto depois de acabar; outros 30 segundos, dois minutos depois de acabar, e mais 30 segundos três minutos depois de acabar.

3. Calcule seu Índice de Recuperação (IR) usando a seguinte fórmula:

IR = Duração do exercício em segundos x 100 / Soma das contagens do pulso x 2

Se seu IR é de 60 ou menos, está deficiente; entre 61 e 70, razoável; entre 71 e 80, bom; entre 81 e 90, muito bom; 91 ou mais excelente. O teste é bastante árduo se você está fora de forma; por isso seja cauteloso e pare, se sentir quaisquer sintomas adversos, como dor no peito ou extrema dificuldade em respirar.

Como são as aulas?

Aulas teóricas/práticas, leituras/seminários, discussões, avaliação de equipes desportivas.

Júlia Guimarães Ubiali, e-mail: jubialinha@hotmail.com. Licenciatura em Educação Física.



 

Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos