Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Importância da educação a distância EAD e diferença da presencial



Em um país com onde as pessoas tem em média baixa escolaridade, esforços para melhorar este quadro sempre serão bem-vindos.

O retrato do Brasil em termos de educação não é dos melhores e isto se deve ao fato de que historicamente não tivemos muito acesso a educação, seja por falta de recursos, disponibilidade, acesso e programas que gerasse incentivo.

Um dos grandes avanços que tem ocorrido nos últimos tempos é o fenômeno da educação a distância que já beneficiou milhares de pessoas no Brasil com o acesso a cursos livres, técnicos, de graduação e pós-graduação.

Importância e diferenças EAD

Neste artigo, veremos dois aspectos do modelo de educação a distância: Sua importância e a diferença dele para o modelo presencial.

Importância

Creio que a introdução deste artigo seja o ponto de partida para refletir sobre a importância do modelo EAD. Ele contribui significativamente para a inclusão de pessoas que antes não tinham acesso a um curso superior, por exemplo.

As razões que impediam que as pessoas estudassem eram diversas, mas entre elas podemos destacar:

  • Inexistência de uma faculdade presencial na cidade ou região onde a pessoa mora;
  • Alto custo de mensalidades no modelo presencial;
  • Outros compromissos impediam as pessoas de frequentar presencialmente a escola todos os dias, como trabalho, cuidado de filhos, entre outros;
  • Vergonha por estar a muitos anos fora da escola e ter de conviver com pessoas mais jovens na educação presencial;
  • Entre outros.

Além dos exemplos acima, a educação EAD, que não se limita apenas aos cursos superiores, abriu também uma enorme possibilidade para a disseminação do conhecimento através dos chamados cursos livres que são aqueles de curta duração e destinados a um assunto específico.

Com isso, profissionais, pessoas já formadas ou mesmo entusiastas de algum assunto tem a possibilidade de fazer um aperfeiçoamento ou mesmo expandir o conhecimento para áreas correlatas com a comodidade de estudar a distância.

Por fim e necessário destacar como importância o fato de as pessoas se sentirem mais úteis quando estão envolvidas com algum projeto, como a realização de um curso, por exemplo, seja ele superior ou não.

Isto se aplica especialmente à aquelas pessoas que estavam a muitos anos sem estudar e que pararam depois do ensino médio. Com isso eleva-se a autoestima ao proporcionar maior participação dessas pessoas na sociedade, na família e outros ambientes da sociedade.

Diferenças do modelo presencial

Em muitos aspectos não há necessariamente muitas diferenças entre os modelos presencial e EAD. No caso da educação superior, por exemplo, ambos passam pelos mesmos processos do Ministério da Educação no que diz respeito a credenciamento de instituições, autorização e reconhecimento de cursos.

As diferenças consistem muito mais no aspecto prático da coisa. Podemos destacar alguns itens como principais diferenças:

  • Professor. A figura do professor, tão forte no modelo presencial, em agora outro papel na educação EAD. Pelo fato dele não ter acesso direto e a todo momento ao aluno e vice-versa, acaba sendo um desafio maior para ambos.
  • A sala de aula. No ambiente presencial a sala de aula é o grande palco onde tudo acontece, já no modelo a distância essa sala de aula se expande e pode ser qualquer lugar. Ela continua a existir, mas descentralizada.
  • O conhecimento. No ambiente tradicional costumamos a pensar que o professor ensina e o aluno aprende, mas no modelo EAD o aluno acaba sendo o protagonista de seu próprio aprendizado. Não que o professor não exista e que não possa ensinar, mas na maneira como isso ocorre, transfere-se para o aluno uma maior responsabilidade pela construção do conhecimento.
  • A motivação. Este é um ponto importante pois a falta de contato com professores, uma sala cheia de alunos e demais personagens, aliados às dificuldades comuns do ambiente educacional pode gerar certa desmotivação. Logo é preciso estar ciente disso e trabalhar no sentido de administrar tal situação.
  • As atividades. Na educação a distância, a presença nas aulas é substituída por atividades a distância e com isso haverá muitos trabalhos e interações que ocorrerão no Ambiente Virtual de Aprendizagem, também conhecido como AVA.



 

Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos