Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Nutrição Materna - Criança e Adolescente. Faculdade de nutrição



A disciplina de nutrição materna/ criança e adolescente será abordada por volta do 2º e 3º ano, podendo ser chamada também de Ciclos da vida. É nela onde o nutricionista irá estudar um pouco mais afundo cada ciclo da vida, desde o período fetal, nutrição do bebê e da mãe até sua adolescência.

Cada fase da vida apresenta uma peculiaridade e pontos que devemos ter atenção no acompanhamento e orientação do paciente.

Nutrição materna

Em nutrição materna, os nutrientes necessários para o crescimento e desenvolvimento do feto, aumento da ingestão de nutrientes chaves para a saúde da mãe. Garantir o ganho de peso adequado durante a gestão e ingestão adicional dos nutrientes para uma gestação tranquila propiciando qualidade durante esse período. Orientação sobre o aleitamento, como deve ocorrer para ofertar o alimento corretamente para o bebe após seu nascimento e também garantir a saúde da nutriz, visando bem estar e prevenir complicações no período.

Nutrição da criança

Em nutrição da criança, abordamos desde o seu nascimento, período de amamentação, inclusão gradativa dos alimentos através das papas doces e salgadas e sucos, frutas in natura. Início da dentição, estimulação do falar e movimentação do maxilar através dos alimentos. Apresentação dos novos alimentos para a criança, dificuldade dessa inclusão e métodos para estimular o conhecimento. Garantir o ensino sobre os alimentos, oferta de alimentos saudáveis e consumo de água. Nesta fase aumenta o consumo de guloseimas e alimentos industrializados, declinando a quantidade e qualidade dos nutrientes ingeridos, o que pode prejudicar no desenvolvimento cognitivo e físico da criança.

Nutrição do adolescente

Em nutrição do adolescente, já vemos uma faixa etária onde já “acha” seu conhecimento adequado e os hábitos adquiridos são difíceis de serem mudados, pois selecionam alimentos com grande valor calórico, mas, pouco nutritivos, industrializados, pois necessitam de pouco ou nenhum preparo. Nesta fase ocorre uma grande mudança em seu corpo, com o crescimento acelerado pelo estirão e maturação cerebral e sexual. Pais e profissionais da área da saúde devem ficam atentos ao jovem, pois nesta fase de vários conflitos internos e sociais, podendo se demonstrar através de transtornos alimentares, como bulimia, anorexia e compulsões, ganho acelerado de peso e seu contraste com a perda de peso. E a gravidez na adolescência, cenário cada vez mais crescente e visto em todo mundo, que deve-se dar muita atenção, pois o corpo do jovem não está totalmente preparado para esse cenário, então a atuação do nutricionista, juntamente com outros profissionais da equipe irá garantir o planejamento adequado e orientação para o momento.

Ana Carolina Pontes - nutricionista



 

Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos