Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Métodos de Pesquisa: Curso Superior Ciências Biológicas



A metodologia científica é fundamental para a formação de um estudante universitário. A disciplina de Métodos de Pesquisa é ofertada na graduação de Ciências Biológicas, mas pode ser encontrada na grade curricular de qualquer outro curso, uma vez que faz parte do processo de desenvolvimento de todo aluno.

O que são Métodos de Pesquisa?

Os Métodos de Pesquisa são procedimentos ou um conjunto de processos necessários para alcançar os fins de uma investigação, envolvem a definição de como será realizado o trabalho. Tais métodos e sua definição dependem do objeto e do tipo da pesquisa. Os tipos mais comuns de pesquisa são:de campo, bibliográfica, exploratória, descritiva e experimental.

O que se estuda nesta matéria?

Na disciplina de Métodos de Pesquisa, estuda-se a escrita em linguagem científica e a estruturação de um projeto ou artigo científico. Para ilustrar, segue abaixo as seções geralmente encontradas em um artigo:

  • Resumo
  • 1. Introdução
  • 2. Material e métodos
  • 3. Resultados
  • 4. Discussão
  • 5. Conclusões
  • Agradecimentos
  • Referências

Todas essas seções devem ser descritas com clareza, sendo primordial que os objetivos sejam alcançados no final da pesquisa. Por exemplo, se o seu objetivo é avaliar a ecotoxicidade de um efluente para reúso agrícola, a introdução precisa abordar toda a fundamentação teórica do tema, a metodologia deve conter detalhadamente os métodos de análise, os resultados carecem de dados e informações suficiente para a sua discussão, de modo que, no final, seja capaz de concluir se este efluente pode ser utilizado ou não na agricultura.

É possível que o professor adote modelos de projetos de pesquisa de agências de fomento da sua universidade. No meu caso, os professores focaram no modelo de projeto de pesquisa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Para auxiliar no processo de aprendizagem, algumas referências bastante recomendadas para a disciplina são os livros:

  • GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Editora Atlas, 2007.
  • Marconi, Marina de Andrade; Lakatos, Eva Maria. Metodologia científica. 6 ed. São Paulo: Editora Atlas, 2011.
  • Marconi, Marina de Andrade; Lakatos, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. 7 ed.São Paulo: Editora Atlas, 2010.

Como são as aulas?

As aulas da matéria de Métodos de Pesquisa costumam ser muito teóricas. Normalmente, o professor divide as aulas de acordo com as etapas da pesquisa científica, como: formulação do problema de pesquisa; construção de hipóteses; classificação do tipo de pesquisa; cronograma; referencial bibliográfico, análise dos dados, entre outras. Assim, os alunos vão elaborando o seu projeto ou artigo durante o curso. Ao final no período, é muito provável que seja cobrado um artigo científico como forma de avaliação da disciplina.

Quais as dificuldades no estudo de Métodos de Pesquisa?

As principais dificuldades encontradas na disciplina de Métodos de Pesquisa são relacionadas à escrita científica e organização do projeto. Embora se realize muitos trabalhos, atividades e relatórios no decorrer da graduação, a escrita científica exige técnica, perfeccionismo e nível de conhecimento profundo sobre o tema a ser abordado. Todo o trabalho, desde a introdução à conclusão, precisa estar correlacionado, ou seja, necessita-se de uma explicação e estruturação lógica do seu ponto de partida até onde conseguiu alcançar com o seu estudo. Isto pode trazer dificuldades, pois, muitas vezes, sabemos o que queremos estudar, mas não conseguimos identificar e definir muito bem o objeto de estudo, as hipóteses, a pergunta de pesquisa, os resultados esperados, etc., dentro do contexto da pesquisa. Outra fator que pode aparecer é a adequação às normas para escrita acadêmica. Geralmente, são seguidas as normas da ABNT, compostas por uma série de regras para formatação, citação, referências e nomenclatura que, no início, requer consulta constante. Porém, com o passar do tempo, você se familiariza e essas normas já viram parte de sua rotina.

Considerações finais

Como conclusão, nota-se que a disciplina de Métodos de Pesquisa é fundamental para o estudante de ciências biológicas, principalmente para os que pretendem seguir a carreira acadêmica. Se o trabalho for em campo, será requerido a realização de laudos e relatórios técnicos que exigem uma escrita clara e objetiva. Por outro lado, se for na academia, a descrição da maioria dos projetos de pesquisa serão em forma de artigo científico. Deste modo, a compreensão dos conceitos de Métodos de Pesquisa irá contribuir para a qualificação de um bom profissional, independente de sua área de atuação.

Bruna Chyoshi, formada em Engenharia Ambiental e Urbano e em Ciência e Tecnologia pela UFABC. Atualmente, mestranda em Ciência e Tecnologia Ambiental também pela UFABC.



 

Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos