Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Graduação em Educação Física: Biomecânica



Do que se trata a disciplina de Biomecânica?

Na disciplina de Biomecânica são estudados, em síntese, o movimento humano e seus métodos e análises de estudo, e a análise de dados do movimento normal e das suas disfunções. Para entendermos a aplicação das leis físicas no movimento humano, é necessário compreendee as propriedades biomecânicas dos tecidos e estruturas do sistema mio-ósteo-articular (músculos, ossos e articulações). São abordados assuntos como a importância da biomecânica para o professor de educação física, além da disciplinas que interagem entre si para formar a biomecânica, análise da marcha e corrida, exemplos de coleta de dados cinemáticos e introdução aos softwares utilizados para análise biomecânica.

Qual o nível de dificuldade da disciplina e qual nível de dedicação exigido?

Nessa disciplina, somos introduzidos à biomecânica como fator importante para o estudo da mecânica dos movimentos. O nível de dificuldade tem relação com a quantidade de conceitos físicos utilizados para analisar o organismo em movimento. Nesta disciplinas, aplicamos os conceitos das leis de Newton para conhecermos os princípios biomecânicos nos quais se baseiam o movimento humano, analisar as variáveis cinéticas e cinemáticas do movimento humano e averiguar as propriedades mecânicas dos tecidos que compõem o aparelho ósteo-mio-articular.

Quais as principais dificuldades enfrentadas pelo discente?

A dificuldade começa quando imaginamos todos os movimentos que um ser humano, sem nenhuma restrição, consegue fazer. Na UFABC o período letivo é diferenciado de outras universidades, adota-se um esquema quadrimestral (3 a 4 meses) consequentemente torna-se muito mais difícil abordar os temas com clareza e calma. Cada tecido biológico participante do movimento demanda um estudo aprofundado, inclusive em aulas práticas, para que o conteúdo denso seja bem assimilado pelo discente e bem trabalhado pelo docente.

As principais dificuldades encontradas nesta disciplina, por mim, foram os processos de aplicação das leis e fórmulas da física no estudo anatômico e fisiológico do movimento humano.

Outra dificuldade que senti foi na produção de relatórios das aulas práticas. O tempo era curto para que registrássemos os movimentos, fizéssemos os cálculos e redigíssemos o relatório. Com a cobrança pelo curto período de tempo, acaba-se por não absorver o conteúdo de forma proveitosa.

Qual a melhor forma de estudar para essa disciplina? Existe bibliografia para o curso?

A melhor maneira de estudar essa disciplina é através da assiduidade nas aulas expositivas, gerenciamento do seu tempo durante as aulas práticas e uso dos aplicativos e softwares, e estudo individual, com a bibliografia sugerida ou textos sugeridos, a cada aula.

A bibliografia geralmente recomendada é algum livro ou manual de Biomecânica e da preferência do docente. Em muitos casos, o Handbook de Engenharia Biomédica é recomendado. Além disso, é importante fazer uso de atlas de anatomia, em especial nas aulas práticas. A bibliografia sugerida geralmente não é barata, por isso é interessante observar se a biblioteca da universidade oferece algum exemplar, o que é o caso da UFABC.

Conclusão

O estudo da biomecânica – ou da mecânica do movimento humano - é a base para o estudo das patologias e deficiências motoras. Mais do que essencial e indispensável, essa disciplina é complexa pela riqueza de detalhes apresentados e densidade de conteúdo para ser assimilado.

Entender os processos físicos e biológicos os quais são submetidos o organismo humano durante algum tipo de movimento, assim como o funcionamento do conjunto músculo, ossos e articulações, requer conhecimento do aluno de como tecidos se organizam para enfim formarem estruturas biológicas estáveis e compatíveis com o movimento, para que saibamos aperfeiçoá-lo nos casos de disfunções, garantindo maior qualidade de vida à população e as pessoas que necessitam. Além disso, no estudo da biomecânica, é importante salientar a função de detecção de falhas dos movimentos e correção dessas falhas, com o objetivo de ajudar pessoas.

Erika Mendes Daniel, estudante de Engenharia Biomédica na Universidade Federal do ABC.



 

Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos