Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Como escolher um curso superior e quais critérios avaliar



A escolha de um curso superior é uma tarefa de extrema importância e relevância, pois na prática a escolha envolve não apenas a formação que se pretende fazer, mas a profissão em que se pretende seguir.

É verdade que nem todas as pessoas trabalham na área em que se formou, mas é natural pensar que se uma pessoa pretende fazer o curso de direito, evidentemente que ele está pensando em ser advogado.

Assim, ao escolher uma graduação temos de lavar em conta não apenas a formação em si, mas o mercado de trabalho e a profissão também.

Mas, sendo assim, quais os critérios que devem ser levados em conta e como fazer uma boa avaliação de uma graduação?

Como escolher curso superior

Para tentar responder a esta pergunta, listarei alguns critérios que podem ser importantes em sua consideração

Grau acadêmico

A primeira coisa a avaliar é o grau acadêmico e neste caso temos três opções: bacharelado, licenciatura e tecnologia.

  • Os cursos de bacharelado são os mais tradicionais, como o direito, administração, odonto, farmácia, entre outros. Eles são de longa duração, geralmente 4 ou 5 anos e tem como finalidade uma formação mais sólida.
  • Os cursos de licenciatura são aqueles para a formação de professores que desejam atuar no ensino fundamental e médio. Pedagogia, letras, matemática história, entre outros.
  • Por fim os cursos de tecnologia ou de curta duração são mais ligados a gestão e tem uma formação mais técnica com ênfase na questão prática e portanto formatados para atender ao mercado de trabalho.

Área do curso

Depois de escolher o grau acadêmico você deve atentar para a área do curso. Temos aqui também mais três opções: exatas, humanas e biológicas.

  • Exatas são os cursos ligados à matemática, como as engenharias, os cursos na área de computação, física, entre outros.
  • Humanas como o próprio nome diz são voltados para as ciências humanas e alguns exemplos são: direito, administração, jornalismo, pedagogia, relações internacionais, entre outros.
  • Ciências Biológicas são aquelas voltadas para a saúde de uma maneira bem ampla e pode incluir os cursos de medicina, enfermagem, nutrição, radiologia, biomedicina, fisioterapia, entre outros.

Modalidade

Outro aspecto de grande importância é a modalidade em que o curso é oferecido e neste caso temos basicamente duas opções: presencial e EAD ou a distância.

  • Os cursos da modalidade presencial são aqueles em que o aluno precisa frequentar a sala de aula todos os dias e é o modelo de educação tradicional que a maioria das pessoas conhecem e estão acostumadas.
  • Já a modalidade EAD ou a distância são aqueles em que não há necessidade de frequentar a sala de aula todos os dias. A presença na aula é substituída por atividades a distância que são coordenadas ou mediadas pelos pólos de educação a distância.

Duração

A duração do curso também é um fator importante a considerar, pois ele ira determinar quanto tempo você precisará esperar para atuar no mercado de trabalho e na profissão escolhida.

Assim, uma pessoa que tem muita pressa, poderá optar por cursos de tecnologia que são mais rápidos, já quem pode esperar um pouco mais pode optar pelos cursos de graduação. Mas fique atento à carga horária de cada um.

Preço

Caso você pretenda estudar em uma instituição privada é importante considerar também o preço do curso, não apenas os valores das mensalidades, mas todo o custo envolvido, como transporte, material, livros, taxas de matrículas, alimentação, entre outros.

Motivação

Porque você pretende fazer tal curso e porque escolheu esta graduação é não outra? Responder a esta pergunta com franqueza irá lhe ajudar a entender a real motivação para enfrentar a sala de aula em uma faculdade.

A motivação é importantíssima, pois na verdade é ela que irá leva-lo ao final do curso ou não. Uma motivação errada poderá ser uma armadilha e causar frustração com a paralisação do curso pela metade.

Profissão

Por fim e não menos importante temos a profissão que o curso superior lhe dará condições ou até habilitará você a exercer.

Como citado no início, uma pessoa que opta por fazer direito, certamente pensa em ser advogado. Quem estuda medicina quer se tornar um médico, quem faz odontologia quer ser dentista e assim por diante.

Analise como é a profissão que você deseja seguir, observado o mercado de trabalho, remuneração, vagas em sua região, exigências, entre outras características.

Conclusão

Certamente a escolha de um curso superior não ficará apenas nos critérios acima elencados, mas acredito que esses são de grande valia para iniciar sua pesquisa e ajudar na definição da sua graduação e consequentemente na profissão que desejará ingressar.



 

Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos