Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Qual faculdade fazer para ser presidente da república?



O presidente da república possui a principal ocupação do nosso país. Por isso, precisamos ficar sempre de olhos abertos sobre o que ele está fazendo. Mas, o que ele faz e o que é preciso para se candidatar ao cargo?

Primeiro, para ser um presidente da república não é necessário ter a formação em um curso superior. Porém, é muito importante que ele mostre que está qualificado para a função e que tem conhecimento sobre os deveres que a função exige.

Os requisitos necessários para se candidatar ao principal cargo político do Brasil são estabelecidos na Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. São eles:

  • Ser alfabetizado;
  • Ser um brasileiro por nascimento;
  • Fazer parte de algum partido político;
  • Estar em exercício pleno dos seus direitos políticos;
  • Possuir um título eleitoral
  • Possui domicílio eleitoral no Brasil;
  • Possuir a idade mínima de 35 anos;

Não ter substituído o presidente da república atual nos 6 meses anteriores a data marcada para a realização da eleição.

Apesar da não obrigatoriedade de ter no currículo um curso superior, ele consegue proporcionar um maior preparo durante as eleições e na hora de exercer o cargo. Por isso, esse é um investimento que vale muito a pena.

Mas, quais são as responsabilidades da função e quais as principais graduações para quem almeja chegar à presidência?

Presidente da República

O presidente é grande chefe do poder executivo e de Estado, sendo a autoridade máxima dentro do nosso sistema presidencialista. Ele é eleito ao cargo por meio do voto direto da população brasileira para um mandato de 4 anos, podendo ser reeleito para um novo mandato de mais 4 anos.

Os principais deveres de um presidente são:

  • Chefiar a política econômica;
  • Administrar o governo federal, junto com os Ministros do Estado;
  • Cuidar das relações com os outros países e indicar representantes diplomáticos;
  • Definir medidas emergenciais provisórias por meio da lei;
  • Vetar projetos de lei, de forma total ou parcial;
  • Nomear e exonerar Ministros;
  • Decretar estado de defesa e estado de sítio;
  • Realizar a intervenção federal;
  • Colocar em ação as leis que são aprovadas;
  • Declarar guerra por meio de referendo ou da autorização pelo Congresso Nacional;
  • Enviar para o Congresso Nacional o plano orçamental;
  • Exercer comando sobre as Forças Armadas.

Para uma pessoa que deseja se tornar presidente da república, os cursos de graduação mais indicados são: Ciências Políticas, Direito, Administração e História.

A graduação em Ciências Políticas é a mais indicada para quem quer entrar no mundo da política. Esse é um curso de o tipo bacharelado que dura em média 4 anos. Nele, são ensinados tópicos ligados ao funcionamento dos diferentes setores públicos. Ele ajuda a ficar mais preparado para assumir o cargo de presidente.

O curso de Direito também funciona como bacharelado, podendo durar por cerca de 5 anos. Durante esse período, é possível aprender mais sobre ocupação no setor público, principalmente nos setores tributário, previdenciário e administrativo.

No curso de Administração, um candidato pode receber toda uma orientação sobre como realizar a função de gestor. Ele proporciona uma formação em bacharelado que pode durar em média 4 anos. Aqueles que fazem o curso aprendem sobre a maneira mais inteligente de desenvolver e utilizar as suas próprias habilidades, como um administrador.

Para terminar, temos o bacharelado em História que dura por 3 anos, e que oferece uma visão mais profunda sobre o atual cenário político e suas eventuais mudanças para o futuro. O historiador aprende a fazer análises estratégica em relação às possíveis melhorias no cenário político.

Outros cursos

Possuir graduação em qualquer outro tipo de curso superior não cria nenhum impedimento para exercer a função de presidente. Um candidato pode mostrar competência e inteligência mesmo sem diplomas. Porém, uma formação profissional oferece um maior conhecimento sobre o que esperar ao começar a exercer o cargo.

Um presidente precisa estar preparado para tomar decisões emergenciais em momentos difíceis e para enfrentar as situações mais complexas. Por isso, quanto maior for o conhecimento que ele possui, maiores são as chances de fazer um bom trabalho.

Por fim, o importante é sempre lembrar que um presidente da república possui a grande responsabilidade de zelar pelo futuro de toda a população.



 

Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos