Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Faculdade de Jornalismo: Disciplina Jornalismo Especializado



A arte do jornalismo especializado

É nesta disciplina que muitas coisas se clareiam em nossa mente. Na primeira aula de jornalismo especializado que tive me lembro das palavras da professora “Um bom jornalista hoje tem de ser especializado em algo” e é verdade.

Só que ao ver a gama de possibilidades de especialização, me vi completamente perdida sobre qual rumo seguir e foi em meio a tantos trabalhos práticos durante esta aula que eu me encontrei.

Cada dia desta disciplina era focado em uma área específica, entre elas: jornalismo esportivo, investigativo, de entretenimento, político, econômico, cultural, de cotidiano, TI, todas as editorias que compõem um grande jornal impresso.

Em cada um destes tópicos aprendíamos os prós e contras de cada atividade especializada, técnicas de escrita específicas para cada público-alvo e tínhamos de entregar uma matéria sobre o tema, na verdade reescrever uma matéria de jornal de cada área, utilizando as informações passadas pela professora.

Foi uma experiência enriquecedora e me fez refletir muito sobre o papel do jornalista na sociedade em si. Aprendi que somos realmente formadores de opinião e vi na prática a diferença entre jornalismo de interesse público, com as matérias de política, economia e cidades e como notícias destas editorias impactam na vida das pessoas e; o jornalismo de interesse do público, como o de entretenimento que servem realmente para distrair, mas não têm impacto algum no cotidiano e vida da maioria das pessoas.

Como esta foi uma matéria ministrada no terceiro semestre, eu ainda não tinha a paixão que tenho hoje pela editoria de economia, mas digo que me encontrei porque foi no jornalismo especializado que ganhei interesse pelo jornalismo de interesse público e vi o quão importante seria o meu trabalho para a vida das outras pessoas e, fazer a diferença, é o motivo pelo qual o amor pela profissão se mantém vivo ao longo de sua carreira.

Mas, nem tudo são flores, essa é uma das matérias mais “puxadas” que eu já tive na faculdade. Eram tantos trabalhos em sala e em casa que demandaram muito tempo e esforço da minha parte e me fizeram perceber que ao escrever para uma editoria que eu não me identificava como Cultura, por exemplo, o trabalho era muito mais difícil de ser executado e a nota também refletia a minha falta de interesse.

Enfim, o que eu quero realmente dizer para quem iniciará esta disciplina é: vale muito a pena ter uma visão geral da gama de temas sobre os quais você pode escrever. E, é na matéria de jornalismo especializado que você descobre se é realmente essa profissão que você quer seguir.

Andrea Diniz - Uninove



 

Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos