Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Curso superior de Nutrição. Disciplina: Nutrição no Esporte



O esporte investe cada vez mais em novas áreas a fim de que seus atletas tenham uma performance perfeita e a nutrição está diretamente relacionada com o resultado final de uma competição, além do treino e preparo físico, a alimentação influencia muito se um maratonista por exemplo pode ou não chegar até o fim de uma prova pois o bom desempenho do atleta depende do seu consumo de nutrientes e da sua hidratação, baseado nestes conceitos a nutrição no esporte vem ajudando a melhorar o desempenho de vários atletas e esportistas.

Esta disciplina para o curso de nutrição atualmente tem grande importância, porém há uns 8 anos atrás quando eu estava na faculdade, ainda não fazia parte da grade curricular obrigatória de todos os cursos de nutrição, eu tive a sorte de fazê-la na época e mais tarde me especializei na área esportiva.

Para quem já gosta de esportes certamente vai se identificar com a disciplina pois um dos objetivos é orientar nutricionalmente atletas e esportistas para uma alimentação pré e pós treino/competição para melhorar desempenho esportivo, aumento de massa muscular e recuperação muscular pós treino/competição.

Esta disciplina não é uma das mais difíceis no curso de nutrição, porém é preciso ter uma boa base de bioquímica, mas a maior parte dos assuntos abordados são de fácil entendimento.

O que aborda a nutrição do esporte?

O aluno do curso de nutrição nesta disciplina vai estudar as vias metabólicas que são usadas durante os exercícios físicos, importância da hidratação, a avaliação corporal no atleta, necessidades nutricionais na prática de várias modalidades esportivas, suplementação, entre outros assuntos.

Para as aulas de avaliação corporal haverá prática para a medir as dobras cutâneas com o uso do adipometro (aparelho utilizado para medir a taxa de gordura e massa magra).

Suplementação esportiva e ética

Na disciplina de nutrição esportiva talvez o aluno chegue com a ilusão de que vai poder prescrever suplementos para todos após se formar, porém a primeira coisa que vai ficar bem clara nestas aulas é justamente o contrário, pois o aluno vai aprender que a suplementação só deve ser prescrita em alguns casos e somente para treinos e competições de atletas, pois fora estes casos é antiético para o nutricionista indicar um suplemento esportivo.

O aluno vai aprender que o nutricionista ou o médico são os únicos profissionais aptos a prescrever estes suplementos e ao contrário do que se pensa, o professor de educação física da academia não pode fazer esta prescrição.

Nutrição esportiva como profissão

É importante que o aluno tenha em mente que a disciplina de nutrição no esporte não é o suficiente para se tornar um profissional desta área, é possível até trabalhar em academias, porém para se tornar um profissional qualificado é preciso fazer a especialização em nutrição esportiva, pois no curso de graduação não há aprofundamento suficiente nos assuntos que são importantes para orientar atletas de ponta que buscam resultados específicos em suas modalidades.

No momento atual há uma demanda maior de trabalho nesta área devido ao crescimento no número de academias e da valorização do profissional de nutrição que vem sendo mais divulgado na mídia.

Conclusão

A disciplina de nutrição no esporte hoje é necessária para o futuro profissional pois ela abre novos caminhos para uma área que está se valorizando e precisa de pessoas qualificadas que possam auxiliar o desempenho esportivo através da alimentação adequada para diferentes modalidades esportivas.

Marilucia Lima - Nutricionista com especialização em Nutrição esportiva e estética



 

Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos