Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Faculdade de Veterinária: Saúde Pública



Essa disciplina geralmente é ministrada no penúltimo ou último períodos pois tem como pré-requisitos conhecimentos em doenças infecciosas e zoonoses, por exemplo. Nós alunos precisamos estar preparados e informados para entender a importância da nossa profissão na saúde pública, de maneira geral.

É fato que a maioria dos estudantes de medicina veterinária, assim como eu, entram na faculdade com sonhos de clínica de pequenos animais, ou uma “pet shop”. Dificilmente alguém já entra com planos de trabalhar em saúde pública (embora este será sempre seu papel, através de juramento). Sabe por que?

Por que infelizmente nossa profissão tem sido cada vez mais substituída por outros profissionais da área de saúde ou mesmo os engenheiros (de pesca, de alimentos). E isso não é de hoje. Desde os primórdios da saúde pública no Brasil que o médico veterinário tem sua atuação restrita.

As pessoas necessitam dos animais para a sua nutrição, desenvolvimento socioeconômico e companhia e por isso a saúde animal e a saúde humana estão interligadas de formas diferentes.

Mas você sabe o que é Saúde Pública?

O termo saúde pública veterinária surgiu pela primeira vez no período após a segunda guerra mundial, nos Estados Unidos, utilizado oficialmente pela primeira vez em 1946 pela Organização Mundial de saúde.

Saúde pública envolve à prevenção da doença, proteção da vida, e promoção do bem-estar e eficiência do ser humano, em um esforço em conjunto da comunidade e dos profissionais de saúde ou não, incluindo o médico veterinário

A partir do momento em que percebeu-se a necessidade de controlar melhor a alimentação (origem dos alimentos) e as doenças infecciosas transmissíveis foi que o conhecimento da saúde e criação de animais teve sua importância e com ela a participação do médico veterinário, que até então estava mais envolvido com as ciências agrárias.

O que se estuda nesta matéria?

Essa disciplina nos ensina que a veterinária é muito mais do que simplesmente cuidar dos animais.

Além de estudar a história da Saúde Pública, são ainda discutidos tópicos como:

  • A importância do médico veterinário em Saúde Pública.
  • Epidemiologia e Saúde Pública
  • As zoonoses e as Doenças de notificação obrigatória.
  • Saneamento, doenças de veiculação hídrica, destino e tratamento de resíduos.
  • Segurança dos alimentos em saúde pública – alimentos de origem animais e sua importância na veiculação de doenças, resíduos de medicamentos etc.

Vemos os aspectos legais que envolvem a atuação do médico veterinário e até onde podemos interferir.

Como são as aulas?

As aulas são basicamente teóricas, mas os professores costumam mostrar muito material visual como vídeos e fotos para auxiliar no aprendizado e conscientização. Geralmente são descritos muitos casos verídicos e discutidos problemas práticos e suas soluções.

O que os professores da faculdade mais cobram?

Nessa disciplina o que os professores mais cobram é o entendimento, a conscientização. Já passamos pelas disciplinas que envolvem muita memorização de tópicos, agora é hora de realmente saber e levar o aprendizado para nossa vida profissional.

As provas geralmente são discursivas e as questões pedem dissertações sobre o que você entende pelo assunto.

Qual a contribuição desta disciplina para meu curso superior?

Essa disciplina, por incrível que pareça, me despertou para a realidade. Me fez olhar mais para o outro e enxergar a vida em sociedade de outra forma.

Como nós como indivíduos de uma comunidade e como profissionais, somos responsáveis e coadjuvantes com tudo que acontece uns aos outros e não nos damos conta disso.

Acho que por isso mesmo ela é ministrada mais para o fim da faculdade, para despertar nos alunos esse senso de realidade e responsabilidade profissional. Entender que é nosso dever, seja qual cargo ou em qual área atuemos, reverter o conhecimento que adquirimos em prol da saúde dos homens.

Concluímos que a escolha de se tornar um médico veterinário não é apenas para quem ama os animais, mas para quem ama a e quer preservar a humanidade. Nossa responsabilidade é com os dois e, por isso, nossa profissão deveria ser mais valorizada.

Ana Carolina Braga. Graduada em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Fluminense. Facebook: https://www.facebook.com/anacarolinabbraga



 

Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos