Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Faculdade de Ciências Biológicas: Educação Ambiental



A educação ambiental, ou conscientização ecológica em algumas universidades, é uma disciplina que irá complementar todos os estudos da parte ecológica e ambiental do estudante de ciências biológicas. Nesta disciplina o aluno irá entender a melhor forma de se passar o conhecimento ambiental de forma analógica e de fácil entendimento para as pessoas, visando criar uma motivação para os ouvintes, sobre a importância de se preservar a natureza. Normalmente a disciplina de educação ambiental é ministrada nos períodos finais do curso de ciências biológicas.

O que é?

Durante o curso de ciências biológicas, o aluno tem diversas disciplinas voltadas a área da conservação ambiental, como ecologia geral, fitossociologia, zoologia geral, manejo e conservação da fauna e etc. Com elas o estudante obtém todo o conhecimento necessário sobre os biomas e fitofisionomias que constituem a nossa flora, a biodiversidade da fauna e o comportamento do fluxo gênico de ambos. Porém uma parte da população ainda vive na zona rural e em comunidades afastadas das grandes cidades, e estas pessoas tem contato com a natureza constantemente, por isso é necessário que elas saibam o que está acontecendo com a fauna e flora brasileira e o que será preciso para mantê-las em equilíbrio, e será aí que a educação ambiental terá parte.

A educação ambiental passa para o aluno as ferramentas e meios certos de se passar uma informação relevante para todo o tipo de pessoa, desde a mais pobre que sobrevive apenas com o que planta, até com a mais rica. Trata-se de um estudo algumas vezes muito mais sociológico do que ambiental, pois é necessário antes de se passar a informação e requerer a colaboração, estudar a situação pelo qual aquele grupo de pessoas passa e isso é trabalho do educador ambiental. Como por exemplo: Passar para uma comunidade rural a importância de se plantar mudas para a preservação das matas ciliares no entorno dos rios, em uma comunidade onde as pessoas não estão tendo o que comer, ou seja, nenhum dos moradores irá dar atenção ao educador ambiental pois estão sofrendo um problema maior que é a fome, por isso o profissional deve pensar em estratégias para atrelar a situação que a comunidade passa, com a lição que ele deseja ensinar.

Como podem perceber, a disciplina de educação ambiental se mostra uma disciplina bem prática, e é realmente de fato, pois de nada adianta o aluno ter todo o conhecimento adquirido em sala de aula e não conseguir executa-lo na prática, onde realmente é importante e onde as coisas realmente acontecem, no campo. Em alguns cursos durante esta disciplina, são marcadas viagens a parques estaduais, escolas estaduais dentro das cidades nos dias do meio ambiente ou dia da árvore por exemplo, para que os alunos possam mostrar aos professores o que aprenderam na disciplina.

Quais as dificuldades?

Como havia mencionado, a educação ambiental normalmente é uma das disciplinas ministrada muitas vezes no final ou até no meio do curso, e é uma disciplina sem grandes dificuldades, não existe uma cobrança alta por meio dos professores como em outras disciplinas do curso. As provas normalmente são tranquilas, assim como os trabalhos, normalmente em grupos. Os alunos mais criativos e participativos normalmente são os que mais se destacam, pois é uma disciplina que exige proatividade.

Quais as aplicações?

O biólogo que se formar e trabalhar como professor, em laboratório, ou até em alguma empresa, é bem possível que em algum momento de sua vida profissional, ele precisará exercer o papel de educador ambiental, seja em algum evento, ou reunião, ou mesmo para encontrar a solução de algum problema. Para alguns alunos a disciplina pode não ter tal importância, mas é preciso leva-la a sério, pois nunca se sabe quando os conhecimentos adquiridos aqui serão necessários, seja na vida profissional ou até em questões de concurso público por exemplo.

Conclusões

Conclui-se que a educação ambiental poderá estar presente em situações adversas na vida de um biólogo, e que de certa maneira, a natureza necessita que a população seja conscientizada e alertada da importância de se preservar os recursos naturais, e a população precisa entender o que acontecerá com o futuro da humanidade se o comportamento não mudar. Para isso o papel do educador ambiental servirá como um mediador.

Gabriel Augusto Graduado em Engenharia de Produção



 

Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos