Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Faculdade de Filosofia: Matéria Filosofia para Crianças



A filosofia com seu espírito aberto, crítico e de rigor, pode contribuir para que os estudantes se engajem no diálogo investigativo e desenvolva habilidades cognitivas como investigar, perceber implicações e dar razões. A disciplina filosofia para crianças é uma forma de mostrar como a filosofia pode ser útil no desenvolvimento da criança e quais os possíveis benefícios na sua formação educacional. Essa uma disciplina do curso de Licenciatura Plena em Filosofia da UEPA (UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ), é uma matéria obrigatória, tem a carga horária de 60 horas e, é uma disciplina de cunho teórico.

O que é filosofia para crianças?

Este estudo origina-se da união entre filosofia e educação infantil. Sendo a filosofia um amor à sabedoria e uma busca pela verdade enquanto a educação é um processo de desenvolvimento da capacidade cognitiva e física para poder se integrar à sociedade.

Se compararmos a atitude filosófica com a atitude infantil percebe-se que existem as mesmas disposições de ânimo que impulsionam a busca do conhecimento e da descoberta do novo. Segundo Teles no livro Filosofia para crianças e adolescentes “se nos lembrarmos que crianças, adolescentes e filósofos compartilham algumas disposições comuns, como a curiosidade, o espanto e deslumbramento diante do mundo, então a coisa não é tão extraordinária assim”. Se nos perguntar, porque filosofia para crianças? Responderemos: que o principio da filosofia é o questionar, o perguntar, é isso que a crianças tem de mais característico, fazem questões de tudo que sua curiosidade as impulsionam. Então percebemos que filosofia e crianças estão mais próximas que imaginamos e temos que aproveitar essa natureza das crianças para aperfeiçoa-las.

O que se estuda nesta matéria?

A disciplina filosofia para crianças demostra a falta de preocupação por parte do ministério da educação que acaba dificultando o processo de regulamentação da filosofia no ensino básico em todo Brasil, o que acaba também prejudicando no processo de ensino e aprendizado. As escolas também não possuem a disciplina filosofia em sua grade curricular para o 2º ciclo do ensino básico (3º, 4º,5º anos). A regulamentação educacional filosófica na educação básica atualmente possui alguns estudos (LIPMAN: 1995.) muitos significativos, no campo educacional, porém, vale ressaltar que tal perspectiva é um desafio para todos.

Como são as aulas?

São aulas teóricas que pretendem mostrar os benefícios de se implantar a filosofia no ensino básico: promover hábitos de questionamento e problematização face ao saber adquirido ou a novas situações, despertar na criança a consciência dos direitos e deveres democráticos e mostrar a importância dos valores universais, como fraternidade, justiça, solidariedade, não violência, etc.

Quais as dificuldades que encontrei no estudo da disciplina filosofia para crianças?

A dificuldade encontrada é montar aulas práticas que enaltecem a busca do conhecimento racional, levando em conta as diversas criações do imaginário infantil.

O que os professores da universidade mais cobram?

O professor cobra a leitura dos autores que defendem a filosofia para crianças, principalmente Teles e Lipman e resumo das obras. E montar aulas que poderiam ser ministradas no ensino básico.

Qual a contribuição desta disciplina para meu curso superior?

A curiosidade e a imaginação infantil faz com que a filosofia seja algo pertencente a seu universo, pois a criança esta no momento de descoberta e é nesse momento que devemos desperta-las para questionamentos elaborados e com sequência lógica.

A filosofia nas séries iniciais é bastante importante e oportuno nessa época de evolução na tecnologia isso deve alcançar as crianças no modo de ver as e mudanças que ocorrem ao seu redor e trará uma reflexão sobre a vida, pois segundo o professor filosofo Paulo Ghiraldelli (apud MARTINO, 2006, p. 41) “as questões filosóficas estão presentes no cotidiano das pessoas desde cedo, até mesmo, em frequentes perguntas que as crianças fazem aparentemente simples”. E esse projeto valoriza essas perguntas que são importantes para a filosofia como diz Ruben Alves que as crianças têm esse poder de querer descobrir como são as coisas através das perguntas.

Sandra Regina Rodrigues Teixeira - Licenciada Plena em Filosofia pela UEPA



 

Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos