Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Curso superior de Jornalismo: Disciplina Marketing



Na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), os estudantes de Comunicação Social com bacharelado em jornalismo tem a oportunidade de estudar, junto à faculdade Administração, uma disciplina chamada Administração Mercadológica, popularmente conhecida como marketing.

O que é abordado nas aulas?

Como base dos estudos, é adotado o livro Administração de marketing dos professores norte-americanos Kevin Lane Keller e Philip Kotler, este último sendo um dos principais nomes sobre o assunto em todo o mundo. Além do livro, cases de sucesso e de insucesso de empresas são trazidos para exposição e debate em sala de aula frequentemente. Um dos pontos mais interessantes da disciplina é que as aulas são para todos, para os que já tinham conhecimento prévio sobre marketing, com potencial de aprofundamento sobre o tema com a abordagem em sala de aula, e também para os que não são iniciados no tema, já que as abordagens são bem didáticas e permitiam fácil assimilação.

São trabalhados conceitos como a matriz SWOT, chave do marketing. O significado da sigla é: Strenghts (Forças), Weaknesses (Fraquezas), Opportunities (Oportunidades) e Threats (Ameaças). Em alguns lugares do Brasil, essa matriz é conhecida como FOFA, fazendo referência à tradução (iniciais das palavras). Aprendemos que para o planejamento de estratégias de sucesso de uma empresa (longevidade, lucros, gestão de riscos, solidez, atratividade etc.) é fundamental o conhecimento de seus pontos fortes e fracos, bem como o de seus concorrentes.

Outro conceito muito importante apresentado foi o ciclo de gestão interativa PDCA, do inglês: Plan (Planejar), Do (Executar), Check (Verificar) e Act ou Adjust (Agir). Com ele, a aplicação e o gerenciamento de projetos de melhoria em uma empresa pode ter, facilmente, sua eficácia verificada. A ferramenta representa um ciclo contínuo e, após a implementação de uma melhoria, novo aperfeiçoamento ou outra melhoria pode ser aplicada conforme os resultados e os objetivos da instituição.

O debate sobre os cases apresentados foram ricos e profícuos. Questões como a adaptabilidade das empresas frente a constante modificação do perfil do consumidor e da sociedade de modo geral trouxeram reflexões para os futuros profissionais que irão atuar na área. As tecnologias estão cada vez mais substituindo produtos e serviços e fornecendo comodidade ao público. A diminuição da tiragem de jornais e da impressão de livros em contraponto aos conteúdos digitais forçaram as empresas a mudarem o seu modus operandi para continuar ativos no mercado, por exemplo.

Como são as avaliações?

A distribuição dos pontos da disciplina se dá por meio de provas, trabalhos (individuais e em grupo) e exercícios. Há atividades indicadas no livro, as quais têm data estipulada para entrega. Também é solicitada a produção de cases, contendo simulações de atuação em uma empresa, com o desenvolvimento de estratégias para gestão de crise, captação de clientes, metas de lucro, fidelização de público etc. O trabalho final envolveu uma equipe de cinco a sete integrantes com uma meta específica de marketing para uma grande empresa; no meu caso foi a Natura. Elaboramos estratégias de atratividade, de contato com o cliente e de atualização nos processos. Houve apresentação em sala de aula de todos os grupos com ponderações da professora (muito pertinentes) sobre todos os trabalhos, o que é legal para termos o conhecimento das abordagens diversas das outras equipes, além de questionamentos dos colegas (isso também é observado e considerado na pontuação final).

Como é o perfil do(a) professor(a)?

A professora era jovem (entre 30 e 40 anos), mas aliada a sua trajetória acadêmica, ela acumulava experiência em marketing na Arpel. Isso foi fundamental para combinar o conhecimento teórico com o conhecimento prático nas aulas, preparando melhor os estudantes. Em muitos casos o professor, por sua experiência, exclusivamente acadêmica, acaba tendo um distanciamento grande em sua abordagem de como é o funcionamento do mercado de trabalho, onde a maior parte dos graduandos atuará diretamente após a formação. Percebi que a professora deste componente curricular tinha muita propriedade em suas colocações sobre o tema, ilustrando a explanação com mais exemplos de sua vivência diária.

Quais são as principais dificuldades?

A principal dificuldade desta disciplina está na dedicação do estudante para a leitura de todo o material e cumprimento dos prazos de exercícios e trabalhos propostos regularmente. Todo conteúdo trabalhado tem um potencial muito grande para o desenvolvimento nos estudantes. Com a rotina atribula de estágio, trabalho e muitas outras disciplinas, a atenção aos detalhes da disciplina fica prejudicada.

Ramon Freitas, graduado em Comunicação Social pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)



 

Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos