Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Faculdade de Radiologia: Inglês Instrumental



Nos serviços de radiologia nos deparamos com uma grande gama de equipamentos e grande parte destes instrumentos são importados e contam com a maioria dos seus comandos e manuais em inglês, para isso a disciplina de inglês instrumental serve como método de conscientização e conhecimento da língua inglesa na sua forma básica e intermediária, desenvolvendo o aprendizado do aluno à aquisição do vocabulário básico para desenvolver o trabalho em campo. No Estudo do inglês instrumental as diversas faces do estudo da língua estrangeira resumem-se a leitura técnica.

Nível de dedicação e dificuldade da disciplina

Por mais que a ementa da disciplina possa assustar, por vezes com vasta bibliografia ou aparentando trabalhar com um conteúdo muito vasto a disciplina é uma das mais básicas do curso de tecnologia em radiologia. A depender da universidade essa disciplina é optativa, para outras é obrigatória.

De qualquer maneira a dedicação dependerá da sua familiaridade com a língua inglesa, alguns dos discentes já tinham feito cursos de inglês em diversos níveis, esses tiram “de letra” a disciplina, outros tinham bom contato na escola, esses levam com algumas dificuldades, normalmente não na gramática, mas sim no vocabulário específico, ou seja, palavras desconhecidas.

No meu caso foi tranquilo, pois eu tinha certa familiaridade com línguas estrangeiras, ler muito em inglês me ajudou, até por que o objetivo da disciplina não é trabalhar com verbos, colocações, frases ou fluência. O objetivo da disciplina é realmente trabalhar com as palavras específicas que vamos encontrar em equipamentos e também em livros técnicos.

Sobre bibliografia do curso e bibliografia em inglês trabalhada

A bibliografia do curso é usualmente um manual inglês-português, daqueles que utilizamos nos cursinhos de inglês, onde muitas vezes os exercícios (enunciados) são explicados em português e a atividade em si é em inglês. No meu caso, tive a opção de trabalhar com um totalmente em inglês onde tinha de ler os textos diversos, ótimo para fixação da linguagem e com os exercícios também totalmente em inglês, desde seu enunciado até os exercícios propostos.

Usualmente esses manuais possuem um glossário em suas últimas páginas, nas duas versões do curso existia, dessa maneira não apenas palavras trabalhadas em exercício como as utilizados no serviço de radiologia e saúde em geral constavam.

Como bibliografia complementar tínhamos artigos científicos para leitura, com eles realizávamos fichamentos, que são resumos técnicos acadêmicos e apresentávamos a professora. Por vezes analisávamos textos jornalísticos em sala e fazíamos observações.

Dicas que facilitam o estudo do inglês instrumental

Leia, simplesmente, leia muito. Utilize toda a apostila, o glossário, entre em sites em inglês, procure exercícios na internet, tudo isso ajuda muito a fixação dos conteúdos. Obviamente o objetivo da disciplina não é deixar nenhum aluno fluente, por isso à forma de aplicação da matéria é diferenciada, mas, a urgência de conhecer a língua inglesa é grande, até por que a bibliografia de maior qualidade, não apenas do curso de tecnologia em radiologia, mas dos cursos acadêmicos em geral está em inglês.

Provas, trabalhos e atividades.

As atividades servem para fixação do conteúdo, podem ser de fichamentos de artigos técnicos ou realização de atividades em apostila. Os trabalhos são de análise dos artigos e apresentação para classe, uma forma de interpretar se o aluno conseguiu compreender a leitura em língua estrangeira. O interessante a observar dos trabalhos é que o professor tende a escolher artigos que estão exclusivamente em inglês, então a tradução não é encontrada, o que faria perder o objetivo do trabalho que é de interpretar em língua inglesa. As provas constam de textos para interpretação e exercícios.

Conclusão

A disciplina de inglês instrumental é de forma geral tranquila, a dedicação necessária é de duas a três horas semanas para estudo, podendo ser feito em grupo, o que de certo ajuda bastante. A língua estrangeira no circuito acadêmico é necessária e urgente, até por isso essa matéria tem sido cada vez mais colocada entre as obrigatórias nas ementas de curso.

Guilherme Reis, graduado em 2013 pela Universidade anhanguera em tecnologia em radiologia.



 

Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos