Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Faculdade de Engenharia Elétrica: Desenvolvimento Sustentável



Introdução

Desenvolvimento sustentável é um assunto que está em voga há alguns anos, isso porque o mesmo faz parte da agenda da ONU já há algum tempo. Logo, por ser tão importante para nossa sociedade é estudado não só em cursos ligados diretamente à área de meio ambiente, mas também em cursos como a engenheira elétrica, esta que possui uma relação aparentemente mais indireta com o assunto.

O que é?

Esta disciplina pode ter outras denominações, mas seu foco sempre é no uso sustentável dos recursos a nossa disposição, sejam eles naturais ou já manufaturados pelo homem, de maneira a se obter desenvolvimento socioeconômico local, regional ou até global.

Sendo assim, ela nos ensina a criar produtos que tenham baixo custo ambiental, ou seja, aprende-se a planejar todo o ciclo de vida de um produto ligado a engenharia elétrica de modo a incluir o uso sustentável dos recursos naturais desde a criação de um item até sua destinação final. Isso vale também para os serviços que oferecemos, de maneira a nos fazer pensar mesmo nos impactos indiretos que causamos ao meio ambiente.

Para conseguir nos passar todos estes conceitos, tal matéria abrange vários tópicos ligados às diferentes áreas como biologia, química, física e até economia, entre outras. Além disso temos uma grande interdisciplinaridade, já que os conceitos unem duas ou mais das áreas já citadas, como por exemplo, para a definição de carbono zero precisamos de conceitos de biologia, química e economia.

Dentre as definições mais importantes da disciplina estão a de desenvolvimento sustentável propriamente dito, a já citada acima, carbono zero, impactos ambientais, os 3 R’s, gestão ambiental para engenharia elétrica, legislação ambiental, história do desenvolvimento sustentável e indicadores de desenvolvimento sustentável.

Quais as dificuldades?

Por ser uma matéria essencialmente teórica, a maioria dos alunos da engenharia elétrica tem uma certa dificuldade relacionada à memorização de conceitos mais complexos. Isso porque estamos muito acostumados a ler textos e conceitos e logo fazer exercícios com cálculos ou sobre estudo de caso. Contudo esta disciplina, em sua maioria, está repleta de conceitos chave, alguns mais complexos que outros, e em sua maioria sem ter o tipo de exercícios comum ao nosso curso.

Logo muitos de nós perdem o interesse em estudar para as provas e acabamos por não ir tão bem quanto em outras matérias. Contudo muitos professores dividem a pontuação da matéria em seminários, resumos, entre outros trabalhos, o que ajuda-nos muito. Isso porque além de serem mais dinâmicos do que uma avaliação em formato de prova, tais trabalhos nos permitem um aprendizado mais lúdico e muitas vezes mais efetivo dos conceitos tão necessários à disciplina.

Além disso, quando realizamos um seminário, por exemplo, o fazemos geralmente em grupo, o que nos obriga a aprender a trabalhar em equipe, o que será muito comum no mercado de trabalho, mas que treinamos muito pouco em nosso curso. Outro benefício dos trabalhos que precisamos apresentar para o professor e os colegas é melhorar nossa capacidade de falar em público, imprescindível atualmente em praticamente qualquer área que escolheremos da engenharia elétrica.

Quais as aplicações?

Com relação as aplicações em engenharia elétrica existem várias, mas a principal está na mudança de nossa mentalidade como futuros criadores de tecnologia, ou de serviços à sociedade em geral. Isso porque ao nos fazer pensar primeiramente nos impactos sócio-econômico-ambientais que nós invariavelmente causaremos, nós pensaremos também nas formas de mitigar tais problemas, e assim será possível ter um desenvolvimento sustentável real.

Agora um exemplo hipotético de um produto que um engenheiro eletricista pode criar é um novo tipo de bateria que se recarregue a partir do ar a nossa volta, assim tal produto parece ser totalmente alinhado com o desenvolvimento sustentável, já que usaria um recurso renovável para alimentar aparelhos elétricos, contudo é preciso atenção ao tipo de material que será usado em sua fabricação, será que são materiais que poluem o meio ambiente se incorretamente descartados? Cuidado também se o produto terá um tempo de vida útil muito pequeno, porque daí criará o problema do aumento da quantidade de lixo.

Outro grande cuidado será em relação à se o uso continuo do aparelho trará riscos à saúde da população. Enfim, seria necessário um grande planejamento, não só para a criação e distribuição do produto em si, mas também para os impactos diretos e indiretos que o mesmo causaria e as ações para mitiga-los, isso são conceitos que aprendemos ao estudar o desenvolvimento sustentável.

Conclusão

Portanto percebe-se que os conceitos desta disciplina são importantes para o nosso futuro como engenheiros eletricistas, já que o completo entendimento da matéria nos torna aptos a oferecer serviços ou produtos que estejam de acordo com os padrões atuais de desenvolvimento sustentável.

Stefani Silva dos Santos, graduanda de Engenharia Elétrica da UFOP



 

Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos