Disciplinas de Cursos Superiores

Análises das matérias de cursos superiores escritas por estudantes universitários e graduados das universidades: USP, UFMG, UNIP, UERJ, UFJF, UFOP, UNIFESP, Unigranrio, PUC-SP, UFSC, Fatec-SP, UFABC, UFF, UFPI, ULBRA, entre outras.


Disciplina Psicologia Social - Faculdade de Psicologia



Desta vez escrevo sobre a disciplina de psicologia social, que trás um recorte teórico da compreensão que a psicologia faz da sociedade e da sua psicodinâmica.

O que se estuda nesta matéria?

Nessa matéria são estudados alguns fenômenos e conceitos que perpassam a vida de uma sociedade. É-nos trazido um olhar teórico sobre os movimentos que ocorrem por vezes de modo tradicional e são repassados de geração a geração, muitas vezes apenas por repassar e sem nenhum questionamento. Fala-se bastante do conceito de representação social, que é a imagem que fazemos da sociedade em que nós vivemos, ou mesmo das profissões ou das pessoas com as quais nós convivemos.

Como são as aulas?

Minhas aulas nesta disciplina foram bastante teóricas e maçantes, isto eu que eu posso te dizer por ora. Como cada professor tem a sua didática e por vezes uns podem ser mais criativos do que outros, é possível que tu encontres um professor que traga os conceitos de modo mais criativo do me trouxe a minha professora naquela oportunidade.

Quais as dificuldades que encontrei no estudo da psicologia social?

A principal dificuldade foi a de que eu não conhecia ninguém que estava na sala de aula na primeira noite. Eu cursei essa disciplina no meu segundo semestre de faculdade, estava ainda me ambientando à situação de ir até a universidade e ao mundo acadêmico. Foi feita uma dinâmica com uns fios de seda que formam redes de conexões que eu uso até hoje em meus trabalhos sempre que posso e que eu precise falar sobre relações sociais. Essa dificuldade foi tão bem resolvida que, algumas pessoas que estiveram na minha rede naquela noite estão até hoje no rol das minhas amizades mais seletas.

O que os professores da faculdade mais cobram?

Nessa disciplina eles te cobram que tu captes os conceitos e os memorize de forma segura fundamentalmente, mas não com um objetivo de “decoreba” ou simples armazenamento de informação. Essas informações as quais te são apresentadas ali servem como base pra que tu amplies o teu olhar sobre a sociedade em que tu vives e possas depois, tomar posicionamentos mais coerentes enquanto profissional de psicologia.

Qual a contribuição desta disciplina para meu curso superior?

Ela foi imprescindível. No exato momento em que eu escrevo esse texto pra ti é que eu me dei conta disso. Ela foi base para outros conhecimentos de outras disciplinas como psicologia social comunitária, que é o que eu faço profissionalmente e, psicologia da família, que também foi fundamental. E além do mais, me trouxe aquelas amizades que eu citei antes.

O meu processo de graduação...

O modo como eu vivi a minha graduação em psicologia foi único. Pude estar em diversas posições diferentes e compreender como o ser humano vivencia uma situação como essa no contexto da sua juventude e amadurecimento pessoal. Senti em mim mesmo e observei de perto como um adolescente se transforma num jovem adulto, absorvendo os conhecimentos teóricos trazidos numa academia e tem que lidar com talvez, um dos piores conjuntos de fantasmas do ser humano: os questionamentos de quem eu sou e pra onde vou. Nessa etapa da vida se fica tão preocupado com isso devido a influências externas que muitas vezes nos perdemos do nosso próprio caminho. É possível que sigamos perdidos por anos ainda, absorvendo tudo o que vem de fora e ignorando o que está dentro de nós, para chegar a um determinado ponto em que nos deparamos diante de nós mesmos, diante de um espelho e tendo como recurso primordial apenas aquilo que nos pertence e vive conosco desde que nascemos. Parece-me que essa eterna busca do ser humano por seus sentidos e significados seria tão mais fácil de ser resolvida se simplesmente nós parássemos, respirássemos e olhássemos para dentro de nós mesmos sem aquele olhar crítico com que o mundo externo nos envolve.

Alexandre Herzog, Psicólogo CRP 07-21518, graduado pela FACCAT RS



 

Veja também:

CURSOS NAS ÁREAS:

  • Exatas
  • Humanas
  • Biológicas

© 2016-2017   |   faculdades.inf.br   |   Em Jesus Cristo nós confiamos